Filhoses de abóbora sem fritar

23.12.15

As filhoses fazem parte das minhas memórias do Natal. Em todas as vésperas de Natal lá estava minha mãe de pano branco na cabeça a amassar uma imensidão de farinha, num alguidar de barro gigante, para depois o cheiro a fritos invadir toda a casa e aquela massa toda dar origem a filhoses muito fofinhas que eu envolvia amorosamente em açúcar e canela, e que duravam até ficar duras, pois eram imensas, mas maravilhosas com o café da manhã. A minha mãe continua a amassar e a fritar, agora em quantidades menores, e eu, que herdei o gosto pelo "pôr a mão na massa" e gosto de dar aos meus filhos experiências que lhes tragam boas memórias, também faço as filhoses da minha mãe. Contudo, fritar não é um método culinário que utilize e açúcar não é um ingrediente que eleja, pelo que as filhoses da mãe deram origem ás filhoses da filha, sem óleos e sem açúcar. Ok, não são bem filhoses, são mais queijadas com sabor a filhós mas que também ficam lindamente com o café da manhã.


Receita
1kg de abóbora cozida, com 1 colh. chá de sal, e escorrida
1 dl da água de cozer a abóbora
13g de fermento padeiro
3 ovos batidos
raspa e sumo de 2 laranjas
450g de farinha
1 colh. café de sal marinho moído
manteiga vegetal q.b. 
geleia de arroz q.b.
canela q.b

Preparação
Dissolve o fermento na água morna da abóbora 
Coloca num alguidar de barro (o da minha mãe é de barro) a abóbora, o sumo e a raspa de laranja, o fermento, o sal e os ovos. Bate bem (com as mãos).
Vai envolvendo a farinha delicadamente.
Bate bem a massa.
Deixa levedar abafado por duas horas e meia ou até que a massa ganhe bolhas de ar.
Pré aquece o forno a 180º
Barra formas de queque ou queijada com manteiga vegetal e preenche com o preparado até 2/3.
Leva ao forno 10 - 15 minutos .
Desenforma e verte por cima geleia de arroz e canela em pó.
Serve com um café ou chá!!

You Might Also Like

1 comentários

  1. Boa noite!como nao consumo ovos, gostaria de saber como posso substitui los.?obrigado

    ResponderEliminar

Subscribe